Na Semana da Mulher: Nanny dos Maroons

Nanny dos Maroons viveu aproximadamente há 250 anos atrás, morrendo em 1750. Os seus antepassados eram de Asante na África, país conhecido hoje como Gana. Na sua época, a maioria dos africanos na Jamaica eram escravos levados para trabalhar nas plantações de açúcar.

Na ocasião, a Jamaica estava sob domínio inglês, vários escravos eram libertados pelos espanhóis para evitar que eles caíssem nas mãos dos ingleses. Esses escravos eram conhecidos como Maroons.

Nanny não era uma escrava, mas conduziu muitos Maroons para as colinas em Portland, lugar que passou a se chamar Nanny Town. Os fazendeiros queriam esses escravos de volta, as forças coloniais invadiram as colinas e Nanny, junto com os Maroons tiveram que combater estes soldados para continuarem livres.

Os Maroons não tinham muitas armas, as poucas que possuíam foram capturadas dos soldados mortos. Eles eram muito bons em lutar nos arbustos, sua principal estratégia era colocar armadilhas e se esconderem esperando os soldados das forças coloniais até os pegarem de surpresa. Enquanto os Maroons estavam lutando para proteger Nanny Town, as mulheres plantavam e cultivaram comida. Todo mundo tinha trabalho para fazer.

Nanny Town ficava escondida nas colinas, mas no fim as forças coloniais acabaram a encontrando e a tomaram, Nanny e os Maroons para não serem capturados fugiram para o outro lado das colinas. Durante algum tempo, as forças coloniais mantiveram Nanny Town sobre controle e chegaram até a construir um pequeno forte. Mas nanny e os Maroons retornaram de surpresa e pegaram os soldados desprevenidos e tomaram de volta Nanny Town.

Nanny era uma das lutadoras mais importantes para liberdade e independência dos seu povo. Em Asante, na África, Nanny se tornou “Rainha Mãe”(uma espécie de Mãe do povo), além de líder político e religioso. Nanny era muito poderosa, algumas pessoas diziam que ela trabalhava com magia.

Os Maroons da Jamaica oriental e Central queriam entrar em acordo com os ingleses, mas Nanny não queria. Os ingleses então persuadiram seu líder para assinar um tratado de paz.

No fim, os ingleses deram a Nanny e ao seu povo terras em um lugar chamado New Nanny Town, que passou a se chamar Moore Town.

Agregar Comentário