2012, um ano dourado

2012, ano em que celebramos o 50° aniversário de nossa independência foi definitivamente um ano dourado para Jamaica.
A música, os esportes, a gastronomia, o entretenimento, e em general, a rica cultura da ilha, destacaram ao longo do ano, contribuindo à ascensão sustentada de Jamaica como marca, ao que podemos agregar uma atraente oferta hoteleira e de atrativos turísticos, adaptada a todos os gostos, estilos e orçamentos.

Vale a pena rememorar no âmbito musical, o Festival de Jazz & Blues, em janeiro, com a importante participação de Celine Dion, entre outros grandes artistas; seguido de todo um mês – fevereiro – dedicado ao Reggae, com atividades em toda a ilha, e mais adiante, o Festival de Jazz de Ocho Ríos (9-16 de junho), e o fastuoso Reggae Sumfest (15-22 de julho), em sua 20° edição rendeu tributo aos grandes, reconhecendo o patrimônio musical de Jamaica. Damian Marley, R. Kelly e Trey Songz estiveram entre as celebridades que engalanaram este festival.

Como parte das celebrações do 50° aniversário da independência de Jamaica, a temporada de Carnaval, desde 18 de fevereiro até abril, incluiu um itinerário de festividades culturais cheias de ação, que incluiu desfiles com disfarces e coloridas carroças alegóricos, junto aos vibrantes sons da soca, o reggae e o calypso.

O lema de Jamaica, ‘A partir de muitas nações, um só povo’, se reflete muito bem nas influências e combinação de ingredientes de nossa gastronomia, para fazer pratinhos distintivamente jamaicanos. No ano do 50° Aniversário da Independência, Jamaica conseguiu oferecer ao visitante uma provada do autêntico sabor da ilha através de diferentes festivais e eventos culinários, entre os que podemos mencionar o Festival de jerk de Portland (julho 2012), o Carnaval de mariscos de Little Ochi (8 de julho, 2012), a Semana dos Restaurantes de Jamaica (9 ao 17 de novembro) e o Escape epicureu a Jamaica (29 de novembro ao 2 de dezembro), por citar só alguns.

Um dos âmbitos que captou o maior atendimento para Jamaica foi sem dúvida o dos esportes. O excelso desempenho da equipe olímpica de Jamaica nas Olimpíadas de Londres, entre 27 de julho e 12 de agosto, coroada com a conquista total dos 200m em categoria masculina por nosso Usain Bolt, reconhecido como Atleta do Ano, se converteu em plataforma excelente para reiterar o valor de nosso produto turístico, através do que se deu em chamar “o rebote Bolt”.

Mas a liderança de Jamaica na esfera desportiva não é só no atletismo. Eventos que atingiram categoria internacional estão cada vez mais entre os favoritos dos desportistas. Lembremos o campeonato anual de surf Makka Pró, da Associação de Surf de Jamaica, 20 – 22 de julho; o 7° campeonato anual Pró-Am por convite “Annie’s Revenge”, Montego Bay, 14 – 18 de novembro, o 5° Triátlon de Jamaica (9 – 11 de novembro) e o mundialmente reconhecido Reggae Marathon, que em seu 12° ano, permitiu aos participantes uma vez mais, combinar umas inesquecíveis férias com um grande evento desportivo para uma experiência verdadeiramente única.

Não só Bolt, o dobro tricampeão olímpico que põe a Jamaica nas portadas, encantou ao mundo com sua capacidade atlética e magnética personalidade; a primeira ministra de Jamaica, a Honorável Portia Simpson Miller, foi também exemplo para o mundo e foi reconhecida pela revista TIME entre os líderes que inspiram, entretém, desafiam e mudam o mundo, ao ser escolhida como uma das “mais 100 pessoas influentes do mundo”.

Outra mostra do impacto que está tendo Jamaica em outras regiões do mundo e que consolida a posição da ilha no palco do turismo mundial, foi a nomeação de Jamaica para a Primeira Vice-presidência da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas.

A estas distinções devemos somar os reconhecimentos que recebeu o destino e seus aliados turísticos este ano. Por 7° ano consecutivo, Jamaica foi nomeada como o Principal destino do Caribe, nos World Travel Awards, como Principal destino para cruzeiros no Caribe, instância que reconheceu também, entre outros, ao Aeroporto de Sangster como Principal aeroporto do Caribe e Ocho Rios como Principal porto para cruzeiros no Caribe, enquanto Falmouth, por segunda vez foi nomeado o Principal projeto de desenvolvimento turístico do Caribe.

De maneira similar, os Prêmios ao melhor do mundo de Travel + Leisure 2012 incluíram a cinco resorts da ilha – Couples Sans Souci, Couples Tower Isle, Couples Negril, Couples Swept Away e Secrets Wild Orchid – na categoria “Melhores resorts do Caribe, Bermuda e as Bahamas”. Mais recentemente, os leitores de Caribbean World Travel and Living Magazine elegeram a Jamaica como a Melhor ilha para férias familiares em 2012.

Todos estes esforços e lucros, junto a um marketing agressivo orientado tanto para os mercados tradicionais, como os emergentes, se refletiram tanto num aumento dos investimentos do setor hoteleiro, como do fluxo de visitantes ao país, contabilizando de janeiro a setembro deste ano, ao redor de milhão e meio de visitantes.

Tal como afirmasse o ministro de Turismo e Entretenimento de Jamaica, Dr. Wykeham Mcneill, no marco da 22° edição de Jamaica Product Exchange (JAPEX), o setor turístico de Jamaica continua florescendo, oferecendo excelentes oportunidades de investimento e de impulso à economia do país.

Ao despedir um ano dourado, abrimos os braços a um 2013 igualmente cheio de oportunidades, reptos e desafios que nos impulsionem a seguir crescendo e oferecendo o melhor de cada um.

One thought on “2012, um ano dourado

Agregar Comentário