As 10 coisas que nenhum turista pode deixar de fazer na Jamaica

141006-cosas-01

O Escritório de Turismo da Jamaica destaca 10 experiências que todo viajante deveria considerar em sua lista de desejos durante uma viagem na ilha

Os turistas que querem garantir férias memoráveis antes que 2014 termine, ou aqueles que planejam aventuras incríveis para 2015, podem contar com a lista das “Coisas para fazer antes de morrer” elaborada pelo Escritório de Turismo da Jamaica. A lista inclui tanto experiências bastante conhecidas como outras menos comuns, sem sombra de dúvidas, completar esta lista irá garantir maravilhosas recordações por toda a vida, seja com amigos, ou família.

“Desde passear de bicicleta pelas majestosas Montanhas Azuis, até nadar com simpáticos golfinhos, os visitantes apenas começam a experimentar tudo de mais emocionante e variado que a Jamaica pode oferecer como produto turístico” comentou Paul Pennicook, Diretor de Turismo da Jamaica.

Paul ainda disse que a “Jamaica está sempre de portas abertas para receber solteiros, casais e famílias em busca das melhores férias de suas vidas. Além das atividades destacadas, a Jamaica conta com hotéis e resorts verdadeiramente únicos, que fazem a viagem à ilha valer a pena.”

Nadar com golfinhos – Viajantes de todas as idades podem iniciar uma amizade com um golfinho na enseada de Dolphin Cave, na Jamaica. O “Encontro com Golfinhos” permite aos visitantes nada com os golfinhos em aguas rasas, enquanto o “Nado Definitivo”, permite aos turistas nadarem com os animais treinados. Um dia inteiro em Dolphin Cove, os visitantes podem disfrutar de show de reggae ao vivo, passeios em botes com fundo transparente e mergulhos com tubarões e arraias.

141006-cosas-03Ciclismo nas Montanhas Azuis – As Montanhas Azuis da Jamaica são a definição perfeita de lugar exótico e agradável. Um passeio de bicicleta é a melhor maneira de conhecer as montanhas, e quem sabe até fazer uma visita a uma plantação de café, onde se cultivam os cafés melhores grãos de café do mundo.

Tornar- se um 007 – Ian Fleming estabeleceu moradia na Jamaica, de onde escreveu a primeira história da série de James Bond. Os viajantes podem se hospedar numa vila em Golden Eye Resort, onde Fleming teve a inspiração para o famoso espião dos cinemas. Para sentir realmente a presença do 007, os turistas têm a oportunidade de conhecer os locais onde filmaram alguns dos principais filmes do James Bond.

141006-cosas-02Nadar na Lagoa Brilhosa, Glistening Waters – Este fenómeno é algo que realmente deve constar na lista de “coisas para fazer na Jamaica”. Os microorganismos que vivem nesta lagoa, combinados com sal e agua fresca, emitem um brilho azulado. OS visitantes podem mergulhar nas águas da lagoa em frente a costa de Falmouth durante a noite para vive ruma experiencia de outro mundo.

Visitar Cavernas – Na Jamaica existem muitas formas de experimentar uma aventura em cavernas. As Covas de Windsor em Cockpit Country são ideais para o turista aficionado por expedições em cavernas com capacetes e lanternas. Nas excursões mais extremas ao subterrâneo, pode-se permanecer nas cavernas por até quatro horas de mais pura escuridão, com uma grande quantidade de morcegos como companhia. Para quem prefere visitar as cavernas de uma maneira mais tranquila, ou com a família, a Grota Verde em Discovery Bay é a melhor opção. Estas cavernas são uma verdadeira atração natural, conhecida por suas paredes verdes cobertas de algas e um resplandecente lago nas profundezas da caverna. Outra maneira menos tradicional de praticar a espeleologia (estudo das cavernas) na Jamaica é se tornando hóspede do The Caves Resort, em Negril. Hospedar-se no puro luxo das cavernas pode até não ser considerado espeleologia, mas o hotel ao lado do penhasco e jantares íntimos nas cavernas, definitivamente valem a pena considerar como parte da lista de desejos.

Conhecer a primeira especialista em rumAppleton Estate é a casa da fábrica de açúcar e destilaria de rum mais antiga da Jamaica, onde se fabricam os melhores rum do Caribe. Os visitantes podem fazer um tour e provar os rum misturados por Joy Spence, a primeira especialista mulher em rum da indústria. Sua criatividade e expertise em química são o que fazem de Ron Appleton sobressair na indústria com suas nuances de laranja e cacau. Uma vez que o tour termina, os visitantes podem aproveitar os melhores ponches de rum direto de sua origem.

141006-cosas-06Provar o melhor “Churrasquinho” da Jamaica – O melhor e mais delicioso frango, porco e frutos do mar tostadinhos existem apenas na Jamaica. Boston Bay em Port Antonio é onde surgiu o jerk (o tal churrasquinho jamaicano), o sabor que explode na boca com condimentos caraterísticos a base de pimenta scoth bonnet. O Centro de Jerk de Boston Bay é o lugar onde pode-se provar o melhor jerk do lado oriental da ilha. No estremo ocidental, os visitantes podem provar no Murphy’s West End Restaurant, onde o próprio Murphy oferece aos clientes uma visita em sua propriedade e árvores frutíferas. No pátio, o visitante cozinhar o jerk em uma grande grelha para assar. É claro que ele nunca vai revelar a sua receita secreta, por isso recomenda-se experimentar esta delícia enquanto você tem a chance. Estas são apenas duas das muitas opções de paradas que os visitantes experimentar na rota do jerk jamaicano ao longo da ilha.

Se transportar para o mundo dos piratas em Port Royal – Em 1600, os visitantes teriam sido presas fáceis para os famosos piratas em Port Royal, então conhecida como “a cidade mais cruel na terra“. No entanto, um forte terremoto mergulhou a maior parte da cidade nas profundezas do mar do Caribe. A cidade debaixo d’água ainda não foi declarada Património Mundial pela UNESCO, mas a quantidade de naufrágios encontrados por lá, torna a área um local incrível para mergulho, após a obtenção de autorização. Além disso, no Royal Naval Dockyard, existem museus que exibem relíquias da cidade debaixo d’água para que todos possam apreciar.

141006-cosas-04

Se conectar com Bob Marley – Nenhuma lista de atividades na Jamaica estaria completa sem algum reggae. Kingston é a casa do Museu do Bob Marley, localizado no lugar que foi o berço do lendário músico. Além deste local, os visitantes podem visitar o Museu da Música da Jamaica, a loja de discos Rockers Internacional e ter uma experiência incrível no estúdio Dynamic Sounds, onde você pode criar seu próprio disco de vinil .

Rafting em uma jangada de bambu – O rio Martha Brae oferece a oportunidade ideal para relaxar. Duas pessoas podem sentar-se confortavelmente em uma balsa de bambu pelo deslizando pelo rio enquanto aprecia a vista em ambos os lados da costa. Originalmente usado para o transporte de bananas e outros produtos para diversos mercados, as jangadas agora servem para os visitantes desfrutarem a paisagem natural da Jamaica em grande estilo. Se você tiver sorte, você pode até ver como é construído.

As ideias listadas aqui foram cuidadosamente selecionados para viajantes experientes ou aqueles que visitam a Jamaica pela primeira vez, no entanto, ambos terão uma experiência incrível e única. Para planejar uma lista de desejos ou adicionar aventuras de viagem mais personalizada, visite: www.visitjamaica.com

141006-cosas-05

Agregar Comentário