Fauna e Flora

Quase tudo que se cultiva cresce na Jamaica. No auge do Império Britânico, flores exóticas e árvores frutíferas foram trazidas da Ásia, do Pacífico e da África. Àquela época, o capitão William Bligh foi responsável por trazer as sempre-vivas do Canadá, rosas e mastruz da Inglaterra, e a fruta-pão do Tahiti.

Em contrapartida, o abacaxi nativo da Jamaica foi enviado para o Havaí, além de mudas do famoso café Blue Mountain que geraram as as atuais culturas conhecidas no Havaí como café Kona. O seu mogno foi enviado à América Central. Diversas variedades de orquídeas, bromélias e samambaias são exclusivas da Jamaica, e algumas frutas, como a manga Bombaim, é mais saborosa aqui do que em qualquer outro lugar do hemisfério.

A Jamaica é conhecida por sua grande variedade de espécies de aves, tanto nativas e quanto migratórias. Eles variam em tamanho, e vão desde o diminuto beija-flor, ao misterioso Rufous-throated Solitaire, espécie nativa do Caribe reconhecido pelo seu canto que lembra um choro triste. O beija-flor de bico-vermelho é considerado o pássaro símbolo da Jamaica e é ali de apelidado “Doctor Bird”. Sua cauda serviu de inspiração para o logotipo da companhia aérea nacional, a Air Jamaica.

Os turistas que visitam os resorts da costa norte da ilha costumam conhecer também o pássaro negro e brilhante de cauda longa, chamado Kling Kling, que circula com a elegância de um dançarino e faz aparições freqüentes nas mesas de café da manhã da região. As montanhas mais altas são o habitat da Homerus Pterourus, uma das maiores borboletas no hemisfério ocidental.

Agregar Comentário